Site de Poesias

Menu

Não Digas a Ninguém!

[Ilustração não carregada]




Sinto teu toque em mim
Tuas mãos a percorrem meu corpo
Num suave delírio
Que quase me arranca a alma.
Sinto teus beijos doces e suaves
E quase entro numa linda loucura
Num arrepiante anseio
Que gela tudo em mim.
E neste estado de pura divagação
Sinto-me a alucinar
Em teus braços
E o mundo... pára de existir.
Meu Deus...
Como quero ir ao teu encontro
E por momentos esquecer a vida...
Quero acreditar neste meu estado incompleto
Que se completa com a tua presença.
Quero perder-me em ti...
Ficar colada ao teu corpo
E sonhar que não existe amanhã.
Viver todos os momentos...
Como se fossem os últimos
Como se tudo em ti...
Fosse tudo aquilo que preciso.
Quero adormecer contigo...
Viver na fantasia
Na ilusão do já não é
E apenas sentir-te assim...
Por isso.. por favor...
Não digas a ninguém
O quanto te clamo...
Antes de dormir
O quanto meu mundo se perde
E a magia se cria
Sempre que estás por perto...
Preciso do teu calor...
Sentir o fulgor dos teus beijos molhados
A arrepiar-me a pele...
Mas este medo teimoso
Não me deixa percorrer teu corpo
Nem o caminho que vai em direcção a ti...
Minhas pernas fraquejam
Recusam-se a andar...
Esquecem-se que preciso sentir-te perto
Para poder sobreviver,
Apenas mais um dia...
Então, entro num estado de torpor
Minha mente pára...
Meu coração congela
E apenas consigo pensar em ti..
Mas por favor... não digas a ninguém...

 

Compartilhar
deusaii
12/01/2010

  • 8 comentários
  • 693 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados