Site de Poesias

Menu

Fantasias

[Ilustração não carregada]

Sonhos oníricos
Alforriaram o meu corpo
E como uma libélula voei
Livre em busca de amor.
Agreguei sentimentos e
Prazeres ao meu coração,
Que os desfruto ao repousar
O meu corpo sobre o seu corpo nu.
Você é doce, doce como o orvalho fresco da manhã.
 

Compartilhar

Obrigado pelo carinho da visita ao sair deixe um comentário ou uma simples critica.

Jose Aparecido Botacini
30/12/2009

  • 9 comentários
  • 353 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados