Site de Poesias

Menu

Ó PAIXÃO QUE SE ENRUSTE

CORRO AO SABOR DO VENTO,

DO VENTO IMAGINÁRIO QUE ME TRAZ SEU CHEIRO

SINTO A BRISA EM MEU ROSTO

DESEJO O TEU TRAVESSEIRO.

TE QUERO Ó LINDA MULHER QUE ME ATRAI

ATRAI A ESTE COITADO, APAIXONADO

QUE TE COME COM OS OLHOS

QUANDO  CHEGAS E QUANDO VAIS

SERÁ QUE UM DIA NOTARÁS ESTA MINHA PAIXÃO?

SERA QUE SIM? TALVEZ NÃO!

MINHA TIMIDEZ TIRA MINHA PACIÊNCIA

TE ADMIRA , QUANDO CRUZAS ESSAS LINDAS PERNAS

NA MAIS PURA DISPLICÊNCIA!

TE ESPERO NESTE MEU SILÊNCIO

SENTINDO ÁRDUAMENTE ESSA PAIXÃO

NA ESPERANÇA DE QUE UM DIA

SOMENTE COM A MINHA ENCABULADA ALMA

CONSIGA CHAMAR A SUA ATENÇÃO!

 

Compartilhar
marcos cesar santos de vasconcelos
22/12/2009