Site de Poesias

Menu

Vestidinho azul

 
Conheci uma menininha muito tagarela,
Uma graça em seu vestidinho azul claro,
Cabelos lisos e negros, não há como os dela,
Seu jeito meigo cativa-me, algo tão raro.
 
Ela fica dando voltas em torno de mim,
Curiosa, faz perguntas inusitadas,
Na sua grata ingenuidade ou algo assim.
Gosta das minhas faces rosadas?
Acha-me bonitinha, você tem namorada?
Gosta do meu cabelo, da minha risada?
 
Gosto de sua inocência e como me mima,
Na visão dela sou alguém importante,
Não posso desapontar essa mulher-menina,
De nenhuma forma, em nenhum instante.
§D§

Compartilhar
§D§
02/11/2009