Site de Poesias

Menu

Eterno Efêmero.

Aquele ser repugnante que assombra seu pior pesadelo
 
Vai virar seu bichinho de estimação.
 
E bichinhos tem fome.
 

 
Nessa hora você vai desejar ser engolido pela escuridão.
 
Mergulhar no vazio.
 
Se dissolver no esquecimento.
 

 
Quando não mais aguentar
 
Quando estiver prestes a desistir.
 
Vai perceber que não tem saida.
 
E aquela dor é eterna.
 

 
Implorando pela vida.
 
Derramando lágrimas de sangue.
 
Não aguenta ver seu reflexo.
 
Não quer ver seu fim.
 

Compartilhar
Misty Moonshine
21/10/2009