Site de Poesias

Menu

Comentários da Poesia "CRIANÇAS ADULTAS"

de EDILOY A C FERRARO

Gostaria de deixar seu comentário?

Comentários

ATENÇÃO: Os comentários aqui registrados não representam a opinião da equipe do Site de Poesias, nem mesmo recebem o seu aval. A responsabilidade pelo conteúdo dos comentários é inteiramente do autor dos mesmos. Ao poeta é reservado o direito de remover os comentários de seus poemas, quando achar por bem fazê-lo.


Caro Amigo, é na criança que se planta a semente do adulto, e seu texto bem mostra esta construção empírica das personalidades. Parabéns! Fraterno Abraço!

Um retrato em preto e branco da nossa sociedade.

Quem pouco ou nada tem, fica ausente dos filhos em busca da sobrevivência.

Os que muito têm, deixam seus filhos aos cuidados de terceiros e procuram compensar sua ausência como bens materiais.


Deus te abençoe.
JOSLU

01/10/2009

infelizmente querido poeta, isso é cada vez mais uma realidade. As famílias estão cada vez mais desestruturaras... E as crianças não crescem como deveriam crescer... felizes... tornam-se adultos por fora... mas por dentro os seus medos, impedem-nas de crescer. Bravo, pelo tema!
deusaii

01/10/2009

Dizem que em todo adulto existe uma criança, se é no sentido de sentir a vida com alegria, é bom, mas no sentido de figuras adultas de onde se esperam atitudes pertinentes e se recebe imaturidades, aí é mal. Agora botado meu lado Supla, esse homem eterno adolescente, deixo as seguintes frases dele rsrsrsrsr
"Esses humanos que circulam
Pela cidade aí afora
Eu não aguento, eles querem me conquistar
Eu não aguento, eles querem me controlar
Querem me obrigar a ser do jeito que eles são
Cheios de certezas e vivendo de ilusão
Mas eu não sou nem quero ser igual a quem me diz
Que sendo igual eu posso ser feliz"

Meu caro poeta...
Quem somos nós?
somos adultos frágeis
valentes na embalagem
pequenos em disfarces de crescidos
com medo de escuro
carentes de afetos
que protegem-se atrás de um conto... de um verso
ai meu caro poeta
o que seria de nós sem teus poemas
ai meu caro poeta
o que seria de mim sem vocês....



Obrigada pelo inspirador comentário no meu conto....

Beijão!!!!

Kátia Kelly
Kátia Kelly

01/10/2009

"infância sem magia" Amigo poeta sua obra não é só um poema e sim um manifesto que deveria ser levado a sério...fico triste de pensar que eles são esteriótipos, mas imaturos e o tempo trará as consequências...Parabéns pela denúncia, o poeta deve cumprir seu papel na sociedade e você está fazendo isto.Parabéns!
Daniel Rosa

30/09/2009

...Caro poeta é comum vermos crianças “transvestidas” de adultos porque os adultos não as querem como crianças..
Bravo... Poeta você foi direto à ferida que sangra porque a sociedade não esta dando a devida atenção ás nossas crianças. Este é um tema para amplos debates, mas, infelizmente estamos muito ocupados no nosso dia a dia, então colocamos nossas crianças na creche para serem educados por "desconhecidos" e viva (Criança Eaperança)

(Não deixe sua cabeça crescer antes do corpo)

Maravilhoso e oportuno o seu discurso poético

Parabéns.

J.A.Botacini.

Zezinho.

Voltar à poesia