Site de Poesias

Menu

Formas Feitas

Todas as formas feitas,

De olhos belos,

E cinturas estreitas,

Cabelos longos e negros,

Cabelos longos de louros,

Hora meiga e delicada,

Hora sagaz e perturbada,

De uma esperteza absurda,

Diz a todos com voz muda,

Que alí sua beleza,

É digna de realeza,

Seu sorriso é uma lembrança,

De tão doce uma esperança,

Assim eu vejo a bela dama,

Assim eu vejo a bela dama,

 

Diego Valeriano

Compartilhar
Diego Valeriano
27/08/2009

  • 3 comentários
  • 258 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados