Site de Poesias

Menu

Meus olhos nos seus...

[Ilustração não carregada]

Olho nos teus olhos e não sei o que fazer.
Mesmo na alegria, não sei como dizer.
Olho nos teus olhos e vejo que não é segredo,
Esse medo que sinto, você vê acontecer...
 
Analisa meus olhos, nota o meu tom de voz,
E não duvido por um segundo que você tenha
Uma lista de contras e prós.
 
Nota que mudei e não precisa que lhe mostre
Guarda a dor e segura forte,
Mas não percebe que a minha sorte
Nunca mudará.
 
Que mesmo quando olho nos teus olhos
Dá vontade de sonhar.
Que mesmo que não demonstre
Com medo de me machucar
Ainda sim sigo ate o fim essa coisa de amar.
E percebo que nunca cessa meu desejo de ficar..
E vejo nesses teus olhos que brilham
Que vale a pena te amar.
 
Se às vezes me pego chorando,
Com medo de te perder.
Às vezes me pego chorando,
Sabendo que você não vai me escolher.
Às vezes me pego chorando
Com medo da falta de você.
 
É porque também me pego sorrindo
Com tudo que passou.
Me pego sonhando,
Com o beijo que roubou.
Me pego feliz,
Com toda essa paixão.
 
Preocupa-se tanto com o que faço
Ou o que não faço, apenas.
Olhe nos meus olhos...
Que eles te mostrarão que não existe e nem existirá.
Cansaço, derrota ou descaso desse maldito coração.

Compartilhar
Fabi**
03/08/2009