Site de Poesias

Menu

AS DORES DA ALMA

[Ilustração não carregada]

Hoje acordei melhor...

Olhei o mundo e percebi que a crise está passando,

percebi que as dores, se a gente quiser, são efêmeras

Embora estejam armazenadas em nossa alma,

com enorme potencial para entrarem em atividade,

Se a gente quiser, quiser muito, elas ficam naquele canto

esperando, esperando, até se cansando,

aguardando o momento para a sua manifestação.

Porém, estou descobrindo que as dores da alma,

se não podem ser evitadas, podem ser retardadas....

Então estou saindo da turbulência,

Mal que vinha me afetando e corroendo,

Mas tenho que ter paciência, controlá-las (as dores da alma)

É, as dores passarão. Nem que seja devagar.

De repente delas estarei livre

É só saber  controlar...

Compartilhar
marcos cesar santos de vasconcelos
03/06/2009

  • 5 comentários
  • 1497 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados