Site de Poesias

Menu

Meu Rei

[Ilustração não carregada]

 
Meu Rei

Soberano, te adonaste
De mim. Supremo reinaste.
Sendo único, me magoaste
Quando me abandonaste.
 
E eu? Eu fiquei sem meu rei...
Porém não te esquecerei.
É tua toda a emoção
Que borbulha do meu imo.
É o que te dou como mimo.
 

 
Imagem: Google
 
Respeite os direitos autorais.

 

Compartilhar
Mardilê Friedrich Fabre
19/05/2009