Site de Poesias

Menu

Entre o bem e o mal

[Ilustração não carregada]

Entre anjos e demônios estou.
Crucificado e endeusado sou.
Bom ou mal, tenho meus momentos.
Talvez o próprio espírito me incorporou.
 
Voando galáxias em tempos distintos.
Sinto o poder de mim surgindo.
Aquecendo o céu e congelando o inferno.
Vou misturando os mundos em planos reversos.
 
Seguindo a bússola do meu destino.
Retomo o passo para o meu caminho.
Em busca do real elixir.
O medo me invade de talvez não existir.
 
Se o Santo Graal permanece em mistério.
Arraigado de enígmas no meu viver é certo.
Procurando respostas para o universo.
Vejo o Apocalipse num futuro incerto.
 
Diante das guerras que atravessam milênios.
A mais longínqua está dentro de mim.
Gabriéi's e Lúcifer's em duelos mortais.
Demonstram que as lutas acabarão jamais.
 
Por ter vivido as evoluções das Eras.
Compartilhei de Canaã suas belezas.
De lá guardei seus jardins multicores.
E minha alma descansou das dores.
 

 

Compartilhar

Inspirado na história, na fantasia, e nas frestas das religiões. Politeísmo, Cristianismo e Catolicismo. São Paulo, 11 de maio de 2009.

Carlos Eduardo Fajardo
12/05/2009

  • 1 comentário
  • 1530 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados