Site de Poesias

Menu

ENTRE ESTAÇÕES

 

estares...bem ou mal,
nuances de momentos,
azul ou cinza no firmamento

como coisa leviana
no pêndulo me oscila
a minha mente doidivana

como se amarrado me houvera
confunde-me sensações difusas
no outono sentires de primavera

trae-me os faros desadormecidos
em aromas confusos envolvidos
memórias de tempos idos

de histórias mal vividas
ainda assim saudosas
requentadas e sofridas

como por necessidade
mesmo banalidades
cultivo de saudades...

Compartilhar

...divagações de momentos, em sinestésicas sensações, nos remete a outros cenários, entre-estações díspares a mente divaga trazendo reminiscências guardadas nos refolhos íntimos do sentir...

EDILOY A C FERRARO
20/04/2009