Site de Poesias

Menu

Contemplação

 
       Contemplação
 
Depois que contemplei se rosto,                                                                                                             
Com tanta facilidade...
A minha alma você marcou
Deixando em mim seu encanto
 
Depois que contemplei seu rosto,
Senti o calor de um sonho utópico...
Você fez algo comigo,
Que eu não consigo explicar
 
Depois que contemplei seu rosto,
Minha mente não entende...
O que meu coração quer fazer,
Com certeza é meu sossego tirar.
 
Mas como diz o velho ditado:
(Antes que o mal cresça...)
O seu lindo rosto...
Vou deixar de contemplar!

Compartilhar
Janete Chagas
15/03/2009