Site de Poesias

Menu

Saudade

Saudade
 
A dor atroz que a tua ausência deixou
Jamais desaparecerá desta vida
Pois se o tempo não arrastou
Não há cura para esta ferida
 
Alguns anos já se passaram
E tua lembrança persiste
Para as pessoas que te amaram
Tu existes!Tu existes
 
E agora o que fazer?
Apelarmos para a esperança
De podermos um dia te rever
 
Só assim apagar-se-á
A triste lembrança
Ao voltarmos contigo a conviver
 

 

Compartilhar
Fernando jorge da Costa mariz
06/12/2008

  • 1 comentário
  • 157 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados