Site de Poesias

Menu

Matizes do meu rincão (Rondel)

[Ilustração não carregada]

 
 
 
 
Matizado pela sua luz a me reverenciar
Entrego-me aos braços calorosos da manhã
Á aurora de faces rubras cor de maçã,
Acolhe os pássaros alegres a cantar,
 
O mundo se espreguiça ao novo dia a raiar
Eu na janela á aplaudir, sou seu fã.
Matizado pela sua luz a me reverenciar
Entrego-me aos braços calorosos da manhã.
 
Saúdo as matizes no horizonte a bocejar
A brisa suave meu rosto vem acariciar,
Preenchendo minha vida que outrora era vã.
Sou feliz neste rincão e minha vida é campeã,
Matizado pela sua luz a me reverenciar.

Compartilhar

Obrigado pelo carinho da visita ao sairem deixe um comentário ou uma simples critica. fazendo uma caminhada aos arredores de minha cidade.

Jose Aparecido Botacini
20/10/2008