Site de Poesias

Menu

Anjo ou Demônio

Por vezes te quero, anjo
Para afugentar meus demônios
Mas quando estou possuído
Peço-te socorro em meus sonhos

Muitas vezes és demônio
Pecando me leva ao delírio
Minha alma fica entregue
Ardendo no seu martírio

Anjo que me fascina
Demônio que me instiga
E eu fico envolvido
No mistério que me domina

Sedutora e sensual
Me hipnotiza e conduz
Com seu olhar demoníaco
Sugando-me toda luz

Possuindo-me aos poucos
Demônia, Lasciva, Mandraca
Salvando-me de meus pecados
Anjo, Mulher, Fada

Angelical e endemoniada
Forte como um vulcão
Arrebatou-me por inteiro
Corpo, alma, coração

Compartilhar

Um mulher sedutora que me intriga, me instiga..misteriosa e sensual..um desafio para minha mente e meu corpo. Em minha casa

André Ferreira
06/05/2008