Site de Poesias

Menu

***Soneto sem inspiração***

[Ilustração não carregada]

 
 
 
Hoje me peguei pensando,
Como é sensível a minha inspiração...
Pra muitos ela vem de tudo,
E pra mim ela se vai tão fácil...
 
Um falta de tempo,
Um trabalho a mais,
Uma ida ao médico,
E mais um dia se vai...
 
Se vai e com ele a minha inspiração
Paro, penso, sinto, reflito,
E me entristece o coração
 
E nos versos desse soneto
Fica apenas a indagação:
Onde andará agora a minha inspiração???

Compartilhar

Olá amigos!!!
A inspiração saiu daqui de mala e cuia...
Tentei expressar isso em forma de soneto...
Um beijo carinhoso a todos que aqui passarem!!!!! São Paulo 05-11-07

***Claudia Ferreira de Souza *** antigo Claudia liz
05/11/2007