Site de Poesias

Menu

Na praia da Marmele[i]ja

Na praia da marmeleja
um casal marmelejava...
enquanto ele a beija...
ela, tesuda, o apalpava...

Cum c'mano... até estreleja
com a cena do marmelanço...
Na praia da marmeleja
tá'se bem é no ripanço...

Não é de ter inveja
poque, com este calor
na praia da marmeleja
qu'é bom é fazer amor...

Mas sem que ninguém veja
porque depois dão ao "trombone"...
Foi na praia da marmeleja
que já pus um "camone"...

Estava todo entesuado
com a minha Simone
quando vejo "assanhado"
o cabrão de um mirone...

O meu sangue lateja
treme-me logo as "fraldas"...
Logo ali na marmeleja
espeto-lhe o pé nas "náldegas"...

O cabrão começa a soprar...
Palavrões diz um rol...
E do seu "bota falari"...
Apanhei "...picha mole..."

(continua)

Compartilhar
poeta_tuga
13/07/2007