Site de Poesias

Menu

O QUE SINTO

O QUE SINTO


SINTO ALGO PRESO À MINHA GARGANTA,
E MINHA ALMA ALÉM DO MEU ALCANCE.
É INEGÁVEL QUE PALAVRAS DITAS HOJE
FERIRAM-ME POR DENTRO.

TENHO EM MENTE UM SENTIMENTO ADORMECIDO,
E QUANDO MENOS ESPERO, ELE ACORDA
E ATORMENTA MAIS UMA VEZ MEUS SENTIDOS.

QUERIA PODER NEGAR,
DIZER QUE ME SINTO FELIZ,
MAS NÃO POSSO;
INFELIZMENTE,
NÃO POSSO.

A ÚNICA COISA DE QUE TENHO COINSCIENCIA
É QUE SÓ SE AMA VERDADEIRAMENTE UMA VEZ NA VIDA
E NÃO SE PODE ESQUECER UM GRANDE AMOR,
MESMO QUE VOCÊ TENTE
COM TODAS AS SUAS FORÇAS
ARRANCÁ-LO DO SEU CORAÇÃO.

NESSA ALTURA DA VIDA,
MINHAS FORÇAS JÁ SE FORAM
LEVANDO COM ELAS MINHAS ESPERANÇAS.
E A ÚNICA COISA QUE ME RESTOU
FORAM LEMBRANÇAS;
BOAS E VELHAS LEMBRANÇAS...

Compartilhar

EM FRENTE AO PC

MICHELE ROSA DOS SANTOS
27/01/2007