Site de Poesias

Menu

Falecimento do poeta e payador gaúcho Jayme Caetano Braun - Publicado em 08/07/2012 às 00h38 - FALECIMENTO DO POETA EM 8.7.1999 *** SONETO PARA JAYME CAETANO BRAUN.


Falecimento do poeta e payador gaúcho Jayme Caetano Braun -
Publicado em 08/07/2012 às 00h38

FALECIMENTO DO POETA EM 8.7.1999


***


SONETO PARA JAYME CAETANO BRAUN (In Memoriam)

Jayme Caetano Braun quando tu cantas,
eu me quedo silente a te escutar;
em teus poemas de belezas tantas,
encontro o Rio Grande a me falar.

Não posso compreender quem não encantas
no teu nobre e gauchesco linguajar;
sobre as coxilhas quando te levantas
eu vejo um farroupilha em teu lugar.

Primoroso cantor, valente e forte,
sem temor de lutar, de altivo porte
tal qual o lutador galo de rinha

que morre de tortura e não se entrega
e agüenta firme a ríspida refrega,
pois morre sem deixar dobrar a espinha.

IALMAR PIO SCHNEIDER


***

Compartilhar
Ialmar Pio
08/07/2020