Site de Poesias

Menu

O FIM DA ILUSÃO INCIO DA RAZÃO

O FIM DA ILUSÃO INICIO DA RAZÃO

NÃO, NÃO SE APRECE A DIZER
DAS COISAS QUE DEVE -SE APRENDER
QUANDO CRESCER (mais)
 
NÃO APRECE O FIM DA IMPRESSÃO
QUE NÃO ESTAMOS CAMINHANDO
POIS QUEREMOS DESCOBRIR NA MÃO
 
ENTÃO SE TUDO SÃO RECOMEÇOS
E ALGUNS SÃO BONS OUTROS NÃO
ENTÃO QUE O COMEÇO SEJA ENTÃO
 
E NESSE NO FINAL  AGRADEÇA
SE NÃO HAVER SE PERDIDO
ENQUANDO AINDA AFLITO
BUSCAVA A RAZÃO
 
...COM SUA NEBULOSA VISÃO 
 
SE TODO O MUNDO É CÃO
NENHUM É DE ESTIMAÇÃO
SOBREVIVER ENTÃO ALEGRA
À TODAS VÂS INTEMPÉRIES

ATÉ NOS TORNAR CAMPEÃO

...SE FOR CERTA NOSSA RAZÃO..
SE NÃO NÃO, RECOMÊÇO ENTÃO
JÁ COM UMA A MENOS ILUSÃO

“Um verdadeiro sábio haure forças do sofrimento e das decepções, que o conduzem a novos e mais elevados reconhecimentos. Nunca se deixará deprimir tanto, que venha a cair.” Roselis von Sass em Sabá O Pais das Mil fragrâncias - www.graal.org.br

Compartilhar
HSERPA
23/09/2015