Site de Poesias

Menu

TERESA CORDIOLI

[Ilustração não carregada]

 

 
TERESA CORDIOLI

T ento fazer-lhe um soneto
E ste teu nome é um espeto
R abisquei de todo jeito
E le nunca ficou perfeito
S empre problema em alguma linha
A ssim ficou impossível este soneto

C omo sempre nunca tudo é perfeito
O jeito  que dei vê se advinha?
R ecorri ao jeitinho Brasileiro
D ei asas a imaginação
I nstiguei o coração.
O ra! e como instiguei.
L a pelas tantas quase aloprei
I nábil surtei.

Compartilhar

Agradecendo.... https://www.youtube.com/watch?v=V_ksX1wxMMg

Minha musica preferida Em casa

Eterno Sonhador
03/06/2014